quarta-feira, 21 de outubro de 2015

Somos todos irmãos...

Ontem enquanto fazia zapping deparei-me com um daqueles programas de entretenimento que ninguém vê, mas que todos sabem do que se trata conhecendo até muitos pormenores daquilo que lá se passa... Falo do reality show da TVI - A Quinta.
Enquanto ia vendo as tricas e intrigas que por lá imperam, reparei que grande parte dos concorrentes, nomeadamente a ala masculina se tratava por "mano"... "Mano" isto, "mano" aquilo, "mano" assim, "mano" assado. Pensei cá para mim, que a "quinta" está habitada por uma família e os laços sanguineos estão por lá em força. No mesmo momento em que conclui tal, percebi que por lá  "manos" só há dois, Merche Romero e um tal de Santiago! 
Pois bem, os concorrentes destratam-se tratam-se por "mano" e não são todos irmãos... Sinais de uma nova linguagem ou fidelidade a valores católicos? 

6 comentários:

  1. Acho que poderá ter a ver com tudo menos com valores católicos! LOL E falo por falar pois ainda não perdi tempo a ver esse programa!

    ResponderEliminar
  2. Vícios verbais que têm como origem as Áfricas.
    Como do Brasil nos chegou o célebre 'meu irmão'.
    Quinta? Não é amanhã? :)

    ResponderEliminar
  3. Penso que será uma nova moda, tal como a das tias de Cascais...as mães das amigas são todas tias.

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  4. É um exemplo do famoso vocabulário urbano! :)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  5. Desta vez digo mesmo que nunca vi e não vi mesmo.
    Estou a dormir lol

    É um termo, carinhoso vá.... Não tem maldade e sabe bem =)

    Beijocas

    ResponderEliminar
  6. Não tenho acompanhado muito o programa, mas de facto simbolismo de irmãos não há por aqueles lados!

    ResponderEliminar