sábado, 31 de maio de 2014

Sabor a sábado #38




A suspirar por dias de verão... Nada melhor que materializar o suspiro!
Bom sabor a sábado

sexta-feira, 30 de maio de 2014

Elasticidade no pensamento



Não sei se são fashion ou não estas pulseiras de elásticos coloridos. Mas independentemente disso, o certo é que também fui "atacada" pelo enfeite e mais, até já as sei fazer (se eu as sei fazer, então toda a gente sabe...). Mas descansem, porque não me vou dedicar ao negócio e tentar impingir-vos o produto por 0,25€. 
Dizem os entendidos que estas pulseiras só trazem vantagens para aqueles que se dedicam ao mister, sobretudo os mais novos, uma vez que desenvolvem a motricidade fina, fomentam a destreza de raciocínio, desenvolvem alguma sensibilidade estética e para além disso, entretêem-se ao invés de estar a fazer disparates. 
Portanto, se isto é verdade vou deixar-vos por um bocadinho e vou fazer duas ou três pulseiras... Mas não é para evitar os disparates! 

quinta-feira, 29 de maio de 2014

Sísifo e Rolling Stones...


Para começar a "rolar"...

Sempre que ouço Rolling Stones, as "pedras rolantes" à portuguesa, lembro-me do mito se Sísifo... Sísifo que foi condenado por Zeus a empurrar uma pedra até ao cume de uma montanha e, sempre que lá chegava, ela voltava a rolar e a tarefa era infinitamente recomeçada. 
Ora Sísifo rola a pedra infinitamente, os Rolling Stones também me parece que fazem rolar as pedras infinitamente, pois cada vez que dão espetáculo, creio que é sempre um recomeço... Sempre inacabados sempre desejado por quem os ouve.
Hoje vão voltar a rolar a pedra...


quarta-feira, 28 de maio de 2014

Desabafo #3


Acho que é isto que me apetece fazer... e durante duas semanas! 

terça-feira, 27 de maio de 2014

Pérolas da língua portuguesa #22

Quando se fala de elegância gastronómica, temos que falar de cozinha gromet!

E são estas as palavras de alguém ligado à área do consolo do estômago... Será que estava a falar de molhos com grumos ou a culpa será da mania dos portugueses em importarem palavras chiques? Se assim é, dá nisto! 

segunda-feira, 26 de maio de 2014

Português cospe para o chão, e espanhol?



E foi assim que ficou Lisboa após a passagem dos espanhóis por motivos futebolísticos... Uma vergonha...
Numa altura em que tanto se fala de civismo e de respeito pelo ambiente, somos confrontados por esta realidade que nada deve a sociedades civilizadas... Eu que tinha tão boa impressão dos madrilenos, formada pelo que conheço da cidade, fiquei desolada e a achar que o estereótipo de que os portugueses são um povo que cospe para o chão, é insignificante perante esta "lixeira humana" na casa dos outros. 

Carrega que eu gosto!


Face aos resultados da passada noite eleitoral, só posso concluir que o povo gosta desta posição... ou então Paulo Portas tem razão, ao dizer que quando os cidadãos não votam é porque estão satisfeitos.

sábado, 24 de maio de 2014

Sabor a sábado #37





Pronta a servir... 
Nada como aproveitar os frutos da época, para hoje temos tarte de morango com recheio de créme brûlée (um bocadinho mais consistente do que a receita original deste tipo de creme). 
Bom sabor a sábado

sexta-feira, 23 de maio de 2014

Estava ou não estava na M......?

Quando nos sentimos verdadeiramente naquilo que cheira mal, o pior que nos pode acontecer é levar com ela em cima, literalmente.
Pois bem, cá estou eu nesse cenário... 
Ontem circulava eu numa auto estrada deste país real, em velocidade prevista na lei (convém dizer, não vá algum polícia ler isto) e vislumbro um camião a velocidade mais ou menos reduzida. Quando me aproximo, apercebo-me que me cai em cima do vidro uma substância acastanhada... Oh! Pá! Os pássaros deviam usar fraldas! Ultrapasso o camião e nesse momento, eis que uma chuva em versão temporal, me muda a cor do vidro e ganho um carro castanho com ambientador fora de prazo... Já perceberam? Sim, foi isso mesmo, levei com aquilo que cheira mal em cima. O camião transportava M.....
Escovas limpa vidros e água ao máximo e depois "correr" até à próxima área de serviço, que por acaso estava a meia dúzia de kms, para dar banho ao carro. A tentar recompor-me e acima de tudo a apanhar ar, pois o cheiro dentro do carro era nauseabundo... eis que o dito camião chega à área de serviço... Boa! A fúria levou-me a entrar no meu carro, suportar o cheiro e colocar-me no estacionamento ao lado do transporte e transportador da trampa. Conseguem imaginar o teor da conversa entre mim e o motorista do camião... Dizer que houve conversa é exagerado, pois eu é que falei, ameacei com a polícia, numa palavra vociferei... O rapazola estava de todas as cores e não conseguia verbalizar nada com jeito a não ser, repetidos e atabalhoados pedidos de desculpa! 
Terminado o discurso e já dentro do carro mal perfumado, o rapazola em passo apressado bate no vidro e lá diz a medo: a menina importa-se que eu lhe lave o carro? 
E assim foi... de mangueira e pano na mão, lá esfregava o carro até lhe tirar a coloração acastanhada e o perfume muito longe do aroma patchouli...
Estava ou não estava na M....?

Isto é uma ameaça!

Imagem retirada do Facebook

quinta-feira, 22 de maio de 2014

Pérolas da língua portuguesa #21

Começou a época balneária.  Portanto este ano a praia faz-se dentro do balneário, com direito a chuveiro e gel de banho.

quarta-feira, 21 de maio de 2014

Sirvam-se...


Diz a sabedoria popular que as conversas são como as cerejas, vou agora confirmar se as cerejas são como as conversas... São servidos? 

terça-feira, 20 de maio de 2014

... Não folgam as costas!





Não vos vou aborrecer com a elencagem dos vestidos da noite dos Globos de Ouro, até porque a esse respeito, já muita tinta se gastou. Contudo, também não posso deixar passar em branco o modelito envergado por Cláudia Vieira à semelhança do que fiz na edição anterior deste evento de glamour à portuguesa.
Pois bem, este ano quando vi este vestido, de imediato me lembrei do Benfica, não, não foi por causa da cor nem tão pouco sei se a menina é benfiquista e estaria, eventualmente, a comemorar vitórias, mas sim porque me lembrei daquela figura caricata que acompanha o clube do povo em todas as suas competições, falo do "Bispo" benfiquista muito agasalhado em vestes vermelhas... e pensei cá para os meus botões... Então esta giraça resolveu tapar aquele corpaço até ao pescoço?! Será que o ar condicionado do Coliseu dos Recreios avariou e parou no frost?! 
Mas afinal a menina tapou à frente e mostrou atrás! Isto mulher que é mulher, não mostra o seu corpo, só as costas... E Cláudia Vieira já o fez no ano passado...

Humor negro


Sei que é mórbido... Mas não resisti em partilhar!



segunda-feira, 19 de maio de 2014

Apontamentos...

Agora que começa a época dos negócios no futebol, alguém do meio disse que um treinador está sempre com as malas feitas... Eu acrescento que o mesmo se passa com o professor... Com a diferença de que os primeiros podem viajar em classe executiva! 

domingo, 18 de maio de 2014

Ficha tripla!

Campeões...
Campeões...
Campeões...
Olé...
Olé...
Olé..
Tudo a triplicar!

sábado, 17 de maio de 2014

Sabor a sábado #36




Para hoje temos um clássico da doçaria cá de casa, uma vez que é muito apreciado e sai sempre bem -bolo de ananás com caramelo.  A receita não tem nada de extraordinário e sigo a que é conhecida,  dou-lhe o meu toque, fazer este bolo com ananás fresco, fica com um aspeto mais rudimentar em termos de aparência, mas compensa pelo sabor.
Bom sabor a sábado

sexta-feira, 16 de maio de 2014

Coma induzido

Mal posso esperar pelo dia de amanhã, aliás estamos todos em pulgas... A Troika vai embora e, de acordo com as palavras certeiras (como um relógio) de  Paulo Portas, o fim da Troika é o fim de um ambiente depressivo.
Na verdade ele tem toda a razão, pois a partir de agora podemos estar a entrar na fase de coma induzido. Induzido por aqueles que têm a certeza de que têm sempre razão, que desprezam, desqualificam ou exploram os outros de forma rígida e intolerante que  chega a roçar o fanatismo. Quem tem estes sintomas têm uma doença: psicose paranóide... Bem pior que a depressão! 

Acabou o tempo para pensar!

Aqui estão as soluções do desafio "Toca a pensar" relativo aos provérbios populares "escritos" em desenhos.

  1. A cavalo dado não se olha ao dente.
  2. Em terra de cegos, quem tem olho é rei.
  3. Quem não chora, não mama.
  4. Em boca fechada não entra mosca.
  5. Mais vale um pássaro na mão que dois a voar.
  6. Santos da casa não fazem milagres.
  7. Apressado come cru ou queima-se.
  8. Quem semeia ventos, colhe tempestades.
  9. Cada macaco no seu galho.
  10. Mais vale só que mal acompanhado.
  11. Burro preso, também pasta.
  12. A união faz a força.
  13. Para cavalo velho, o remédio é capim novo.
  14. A curiosidade matou o gato.
  15. Quem feio ama, bonito lhe parece.
Obrigada pela vossa participação... Mesmo sem havendo prémio!

quinta-feira, 15 de maio de 2014

Época para tudo... até para o que não devia

Assim como há a época alta, a época baixa, a época de saldos, a época de exames, a época de caça, a época do caracol e da cervejola e por aí fora...  
Agora também há a época de incêndios, como se isso fosse um acontecimento normalíssimo e perfeitamente aceitável na dinâmica social de um país.
Com a época de incêndios à porta e a constante lembrança disso, acredito que quem goste de brincar com o fogo, não se vai esquecer disso e provavelmente, não serão esses quem se vão queimar.

quarta-feira, 14 de maio de 2014

Modo off

Pronto... 
Agora que o meu Benfica perdeu a Liga Europa carreguei no botão do off... Mas, por pouco tempo, pois domingo há mais. 
Ainda que o momento seja de derrota, há que ver o lado positivo da coisa... Não acredito que haja nova subida de impostos nos próximos dias! 

Modo pause



Blogue em pausa de atividade, porque o meu Benfica já joga...
Estou em modo "colada" à televisão!

terça-feira, 13 de maio de 2014

Pérolas da língua portuguesa #20

- Sabes, comprei umas calças fantásticas...
- Ai sim!
- Sim, são de bombardine! Aquele tecido leve utilizado em casacos de meia estação.

(Há por aí alguém versado em modas? )

segunda-feira, 12 de maio de 2014

Porto e Baco

Segundo o jornal de West Australian a cidade do Porto é sedutora e embriagante... é o que dizem!
Embriagante? Só se for por causa do vinho do Porto... digo eu que hoje estou assim, ácida!
(Mas o Porto é lindo...sim! E devo estar a precisar de um cálice de Porto Vintage!)

sábado, 10 de maio de 2014

Sabor a sábado #35


Antes do forno
Acabadinha de sair do forno...a aguardar que arrefeça!
Já fria... pronta a acompanhar o café a seguir ao almoço.

Hoje a manhã foi aproveitada para fazer uma sobremesa para o almoço... Tarte merengada de limão com recheio de leite condensado, mas optei pelo cozido, pois na minha opinião,  torna-a menos doce.
Bom sabor a sábado!

sexta-feira, 9 de maio de 2014

Desabafo #3

Não tarda nada começam a confiscar-me o que levo dentro da mala, pois não há vez nenhuma que não vá a um determinado hipermercado, e a minha entrada não seja anunciada com "pis"... Antes de entrar, reforço!

quinta-feira, 8 de maio de 2014

Prenúncio egoísta

Existem alturas em que paramos para pensar na nossa condição humana, em particular no envelhecimento e naquilo que ele nos traz, ou melhor aquilo que ele nos tira... E tira-nos, entre outras coisas, a destreza física e a fraca capacidade de mobilidade, essa consciência torna-se manifesta quando vemos a velhice à nossa frente personificada numa figura humana que, ainda que não conheçamos, nos faz antever uma imagem... a nossa, algures num tempo que há-de vir. Foi o que acabei de ver! Um homem "velho" que para se conseguir sentar num degrau de uma escada de pedra, também ela gasta pelo tempo, teve que curvar todo o seu corpo frágil a anunciar uma quase fragmentação e só assim se pode sentar, replicando um comportamento de quadrúpede. 
Doeu-me a imagem e talvez essa dor seja egoísta, pois vi ali um prenúncio de um tempo corrosivo que um dia, será o meu.

quarta-feira, 7 de maio de 2014

É só isto...


... são papoilas saltitantes!

Somos como o outro...

Alguém desse lado me sabe dizer se dia 17 de maio vai ser feriado nacional? Dizem uns e outros que Portugal se vai tornar independente, que acaba a austeridade, que vamos ser ricos sem o sabermos... Será que o resto do mundo, incluindo Financial Times, já tem a resposta para a minha pergunta, provavelmente sim e nós os portugueses seremos como o outro, aquele que é sempre o último a saber... Faço-me entender?!

terça-feira, 6 de maio de 2014

Toca a pensar...

Imagem retirada do Facebook
Já devem ter percebido que sou uma fã incondicional da sabedoria popular e os provérbios ou ditados populares são para mim, uma maravilhosa fonte de conhecimento.
Assim, proponho-vos este desafio de descobrir por detrás das figuras o provérbio que por lá se esconde...
Prontos?      

segunda-feira, 5 de maio de 2014

Sol em promoção?

Ao que tudo indica, o sol chegou e parece que veio para ficar... assim quero pensar! A propósito desta vinda há muito desejada por todos, foi também comemorada à altura, pois não faltaram almas ao encontro com este astro rei. A malta saiu de casa em peso... As esplanadas ganharam clientes, as praias ficaram compostas, os jardins encheram, os parques infantis foram invadidos por crianças que faziam fila para o escorrega e quebrou-se o silêncio das folhas arrancadas pelo outono e desfeitas pelo inverno. 
Estas saídas do lar pela grande maioria dos portugueses quase me fez pensar nas corridas às promoções dos hipermercados em dias de promoção... Contudo, espero que o sol não esteja em promoção e que o seu brilho seja uma presença duradoura na prateleira dos bens essenciais numa qualquer loja de comércio tradicional (nestas não costuma haver promoções!)

sábado, 3 de maio de 2014

Sabor a sábado #34






O bolo para a mãe já está pronto (sortudos...vêem-no em primeira não)!
Bolo Chiffon de baunilha, recheado com curd de maçã e decorado com rosas de maçã... Têm que ser rosas o que amanhã oferecemos às mães.
Bom Sabor a sábado!

sexta-feira, 2 de maio de 2014

Quando o telefone toca, toca...

De há dois dias para cá, até tremo cada vez que toca o telemóvel. Quando tal acontece, apodera-se de mim uma tristeza que quase me impede de abrir a bolsa e tirar de lá o telemóvel... Isto porque, vê-lo com o ecrã estalado a lembrar aqueles raios de trovoada em desenhos infantis, dá vontade de me auto flagelar por ter sido imprudente e querer fazer várias coisas só mesmo tempo, incluindo falar ao telemóvel. 
Razão tem o povo quando diz que, quem muito burro toca, algum  há-de ficar para trás e neste caso, ficou o telemóvel estatelado nas pedras da calçada (a propósito, começo a concordar com a substituição da calçada portuguesa...), com o visor irrecuperável. 
Neste momento, caros leitores, estarão a pensar que eu sou uma materialista despudorada e insensível aos problemas de foro humanista, mas não sou, até porque sempre tive telemóveis que eram verdadeiros "chassos", daqueles que ao caírem ao chão apenas ficavam com umas beliscadelas laterais e uns riscos frontais, agora que me ofereceram um daqueles sensível ao toque epidérmico, acontece-me isto! Definitivamente, não tenho vocação para ostentar progresso tecnológico...
Agradeço que não me liguem, sob pena de cortar os pulsos!

p. s. Esta dos pulsos foi só para dramatizar mais a coisa! 

Pérolas da língua portuguesa #19

- Desculpe, nem o cumprimentei... Bom dia, como está?
- Realmente, que falta de má educação! Bom dia!

E assim se fica sem saber se fomos bem ou mal educados...