quinta-feira, 11 de dezembro de 2014

56 anos de cantigas em hospitais

Hoje é o dia...
O dia do Natal dos Hospitais... Há 56 anos que se leva a cabo esta festa, há trinta anos, mais coisa menos coisa, que eu assisto a esta festa.
Lembro-me de ser miúda e ansear por este momento, aliás assim que chegava dezembro contava os dias para ver o Natal dos Hospitais e providenciar que não tivesse obrigações para esse dia, pois perder este espetáculo era para mim um sinal de que a quadra natalícia não estava a ser vivida em pleno. Sentado frente à televisão não arredava pé à espera de ver o Avô Cantigas, os Onda Choque, os Ministars e o Coro de Santo Amaro de Oeiras, sem o qual o Natal dos Hospitais não era Natal dos Hospitais... Também me lembro de que lá em casa, a mãe me recomendava para que quando o Marco Paulo cantasse a chamasse... E chamava, pois não perdia pitada desta grande produção televisiva, gravada em direto entre Lisboa e Porto... Tinha uma tarde em grande e a partir desse dia era oficialmente Natal!
Hoje...as coisas mudaram, a vida mudou, os gostos mudaram, já não há Onda Choque nem Ana Faria... Mas ainda há Avô Cantigas e Marco Paulo e por isso, ainda há um bocadinho do "meu" Natal dos Hospitais.

8 comentários:

  1. Tens razão!
    Via-o sempre, desde que vim de Luanda. Normalmente as aulas tinham acabado. Ia até Coimbra passar o Natal com os meus pais e não o perdia.
    Hoje, praticamente não o vejo...nem sei porquê...talvez porque veja menos televisão.

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  2. Eu adoro o Natal dos hospitais e não se fala mais nisso:)

    ResponderEliminar
  3. Natal sem Natal dos Hóspistais não é a Natal.
    Este ano para variar consegui assistir ( trabalhava sempre neste dia) .

    ResponderEliminar
  4. O evento foi inaugurado em 1944 pelo Diário de Notícias para trazer um sorriso às pessoas que estão nos hospitais durante o Natal. Começou a ser transmitido na RTP em 1958.
    Está tudo muito diferente.

    ResponderEliminar
  5. Em miúdo também gostava de ver o Natal dos Hospitais, porque era um momento raro que reunia bons artistas. Os que mais me agradavam eram os comediantes. Com o tempo fui desligando e agora, confesso, nem sei em que dia acontece.
    Bom FDS

    ResponderEliminar
  6. Natal dos Hospitais já é tradição :)

    ResponderEliminar
  7. Também me lembro bem de ver o Natal dos Hospitais na televisão! Agora não o faço porque só chego a casa à noite, mas espero que haja tradições que nunca se percam!

    ResponderEliminar