quinta-feira, 16 de abril de 2015

Café com sabor a letras


Retirado de Facebook
Hoje o café da manhã soube-me a qualquer coisa entre um café à Proust e Agatha Christie... Com vontade de fazer umas maldades, dignas de policial, a quem me faz querer o tempo perdido...
Não tarda nada, entro em processo de metamorfose kafkiana... qualquer coisa de pessimamente absurdo... à Beckett! 
Por aí, o café teve letras?

2 comentários:

  1. Sonhei com um Jane Austen, tive direito a um Dante e agora precisava de um Hemingway ;)

    ResponderEliminar