sexta-feira, 4 de abril de 2014

Novos e velhos

Durante uns afazeres matinais cruzei-me com alguma pessoas, até aqui nada de extraordinário. O que me pareceu digno de nota, foi o facto de ter visto na minha terra natal uma significativa concentração de senhoras de idade muito madura por metro quadrado e não ter visto praticamente nenhuma criança ou jovem, naquela hora e meia em que andei na rua.
Três hipóteses explicativas da situação me assolam o espírito: 
1. A infeliz e repetida constatação do envelhecimento da população portuguesa.
2. Os professores não deixam os alunos sair mais cedo no último dia de aulas do período letivo (no meu tempo este dia era reservado à festa, íamos em romaria, quase de hora a hora, à vila ver as montras e comer bolacha baunilha nos bancos do jardim municipal).
3. As duas anteriores são verdadeiras.
 Porque se tratam de hipóteses, penso que a que tem uma maior probabilidade de se tornar uma teoria será a terceira... Ou estarei errada?

8 comentários:

  1. hoje, e infelizmente para o futuro será mais velhos que novos. estamos hipotecados.

    ResponderEliminar
  2. Pois, pois... Acho que as duas hipóteses são mesmo verdade! Para a segunda hipótese, tenho a dizer que os professores não deixam sair os alunos mais cedo porque depois se lhes acontece alguma coisa, de quem é a responsabilidade? Eles agora até nem feriados têm! Quando os professores faltam ficam na sala de aula com outro professor. Ai, era tão bom quando um professor faltava e nós íamos brincar ao ar livre. Quanto à primeira, eu bem que gostaria de contrariar essa tendência mas da forma que isto vai, fico-me só por uma cria! Sim, eu também sei que vamos ser nós a pagar a factura! Digo eu...

    ResponderEliminar
  3. Penso que as 3 hipóteses são verdadeiras.

    ResponderEliminar
  4. eu acho que a 3, sendo as duas primeiras, é o motivo...
    :S

    ResponderEliminar
  5. São verdadeiras, sem dúvida.
    Acho que a primeira é, infelizmente, a mais verdadeira.
    O nosso país é só para velhos.

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  6. r: tu não erras a letras querida.. O cantor é que erra

    ResponderEliminar
  7. Infelizmente a população tem vindo a envelhecer, isso é um facto mais do que provado. E há certas zonas do país onde os mais velhos comparados com os mais novos são a grande maioria. É o retrato de um país que precisa de mais impulso. Somos todos precisos mas mais bebés serão sempre bem vindos. Eu vou fazer a minha parte :)

    ResponderEliminar
  8. Penso que as crianças estão no Facebook.

    ResponderEliminar