quinta-feira, 4 de julho de 2013

Do esquecimento

No processo de funcionamento mnésico, todos sabemos que o esquecimento não é algo de negativo, é um elemento vital ao bom funcionamento da nossa memória. De uma forma simplista, precisamos de esquecer conteúdos para assim "libertarmos" espaço na nossa memória para a aquisição e codificação de novas informações que posteriormente serão atualizadas e/ou reatualizadas. 
 
Neste momento o meu esquecimento não é seletivo, esqueço com a mesma facilidade aquilo que é muito importante como aquilo que não é nada importante. Tenho que admitir desconsolada e preocupadamente que a minha memória funciona sem qualquer tipo de critério, isto a considerar que ainda funciona.
Das duas uma, ou estou a precisar de férias ou então é mesmo uma consequência do ciclo vital... nascer, crescer, envelhecer...

8 comentários:

  1. Temos que libertar memórias para armazenar novas. O problema é se as memórias importantes desaparecem e as novas são coisas quase irrelevantes.

    Se calhar essa fase é do calor ou de fazer muita coisa ao mesmo tempo.

    Eu, que sou uma pessoa que se consegue lembrar de tudo, praticamente sempre, ontem atendi tanta gente que me esqueci de dois recados e só me lembrei deles hoje de manhã.

    Isso passa :)

    ResponderEliminar
  2. A nossa memória é selectiva!
    Não te preocupes com isso! :)

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Dá para as duas situações
    No meu caso já é uma consequência vital da vida "envelhecer"

    ResponderEliminar
  4. E eu que noutro dia estive que tempos para me lembrar dos nomes do meu padrinho e de um primo?

    ResponderEliminar
  5. Por vezes aquilo que nós achamos importante a nossa memória pode pensar que não é...lol

    ResponderEliminar