sábado, 27 de julho de 2013

Pérolas da língua portuguesa #3

Por este andar, faço um colar tal não é a abundância de pérolas, sejamos realistas... Desta vez, foi pela boca do Primeiro Ministro de Portugal.
Ouçam com os vossos próprios ouvidos aqui.

9 comentários:

  1. Já postei sobre isso, hoje. Sobre o verbo "sejar" e sobre a união nacional. xD

    ResponderEliminar
  2. Sejemos honestos e realistas: ainda se ele falaçe mal mas governaçe bem...
    Çó que ele não dá uma prá caixa em nenhuma das atividades. ahah

    ResponderEliminar
  3. 'sejemos' 'cidadões' conscientes isto ainda vai piorar, se mais de 80% dos alunos do 4º ano teve negativa no exame de Português isso significa que a geração de professores que está a leccionar actualmente no básico tem alguns bons representantes mas, é maioritariamente má! Não podemos culpar só o sistema digo isto porque já trabalhei com muitos professores acabados de formar que faziam umas horas enquanto esperavam a colocação por 6 ou 9 horas remuneradas com salários acima da média nacional e com garantias contabilizadas para progressão de carreira que eles bem se queixam que são má mas, que não querem perder (preferem horários de poucas horas a trabalhar no privado porque não querem perder as regalias e dito por eles ganham mais no desemprego do que a trabalhar no privado, quando se queixarem que há mais desemprego na função pública e que as reformas são baixas alguém lhes vai recordar isso?) via neles um défice muito grande de literacia cometiam erros básicos de interpretação, tinham falta de cultura geral (alguns eram de matemática e necessitavam de ajuda para calcular o IVA numa factura ...) e, também o digo porque voltei recentemente à faculdade e reparei numa coisa curiosa: a maioria dos que seguem via ensino são os alunos que ingressaram com as piores médias na faculdade e os que demoram mais a terminar o curso...eu sei que não se deve generalizar e eu não o faço há os bons e até os muito bons mas, isto preocupa-me! Preocupa-me mais que uns pontapés de gramática que qualquer um de nós possa cometer na oralidade ou na escrita 'circunstancial' ...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. desculpa isto ficou enorme mas, é um assunto que me 'entusiasma' acho que vou aproveitar este comentário para fazer um post durante a próxima semana...

      :))

      Eliminar
  4. Até tu, Pedro!

    'Sejemos' realistas. Nem só Cavaco 'façaria' uma coisa assim :)

    ResponderEliminar