terça-feira, 25 de março de 2014

Barraca armada


Há alturas da nossa vidinha mais ou menos, em que passamos por situações que nos causam algum embaraço. Hoje foi uma dessas alturas...
Conversava eu com uma senhora muito distinta, quando a mesma se sentou à minha frente e eu fui "obrigada" a levar com os seus gostos de roupa íntima mesmo diante dos olhos, qual mãe de santo em versão saia curta. 
Não é agradável ter que alimentar uma conversa com rasgos de cortesia e elegância quando se tem visões de body's rendados em tom de pérola que seguram firmemente uns collants pretos.
Podia ter alertado a senhora? Sim podia, mas não me senti confortável ao ponto de lhe dizer que, estava de barraca armada, como dizia a minha avó! 

p.s. Caros leitores queiram desculpar o teor um tanto ou quanto a fugir para o vulgar, dos últimos posts, mas só me tem saído disto na rifa.

9 comentários:

  1. Eu tb nada diria, não fosse a senhora saber e não se importar.

    Há de tudo, mesmo nas mais distintas!!!

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  2. Eheheheh!
    Imagino o teu embaraço mmm! ;)
    Beijinhos. :)

    ResponderEliminar
  3. God, imagino a tua cara perante a senhora, uma pessoa tem de se aguentar nestas sensações! Que medo!

    ResponderEliminar
  4. Realmente são situações constrangedoras! Mas que teve alguma piada, teve!

    ResponderEliminar
  5. Lol!! Muito mal!
    Eu tb não teria lata para lhe dizer!

    ResponderEliminar
  6. Eu acho que não me conseguia controlar, ainda dava uma gargalhada.

    ResponderEliminar
  7. é dificil manter a pose com uma vista dessas!

    ResponderEliminar