segunda-feira, 19 de agosto de 2013

... e as batatas com bacalhau?

 
Agosto é por excelência o mês das festas populares, romarias, emigrantes e também de casamentos, para aqueles e aquelas que gostam de manter as tradições ou então, pretendem arranjar uma ajudita para comprar a mobília de sala na Moviflor ou para os mais modernos, no Ikea.
 
Falando então de casamentos... mas de casamentos à "antiga portuguesa" como costumo dizer. Hoje assisti a um desabafo de alguém que teve uma festa casamenteira no fim de semana que passou... desse desabafo, saliento o seguinte: ... não comi nada de jeito, só me punham no prato uma coisita de nada... o lombo era fininho, para não se enfiar nos dentes e misturam a sobremesa com o comer, onde é que já se viu... carne com leite creme ou uma mistela doce. Depois trouxeram uma coisa muito amarga para beber, diz que era para mudar o sabor... disse logo ao empregado para me tirar aquilo da frente, não se podia beber... Mas para quê aquelas mariquices! Quando o empregado me punha o comer no prato, só lhe dizia: ' traga-me mazé batatas fritas e carne... ateste-me o prato.'
 
Escusado será dizer que para além, da boa disposição que este desabafo me trouxe, tenho que reforçar a minha ideia de que os portugueses gostam de ir a casamentos, mas àqueles onde na realidade possam "encher a barriga"... pois, como se dizia na festa da Rainha Santa... está tudo muito bonito, mas faltam as batatas com bacalhau...

19 comentários:

  1. Esse desabafo é mesmo à tuga. Vão aos casamentos só mesmo p'ra comer. LOL
    beijinho

    ResponderEliminar
  2. E não é que os portugueses gostam mesmo de bacalhau?
    Mas realmente ir a um casamento hoje em dia tem vários sentidos,
    que tem pouco a ver, com o partilhar um momento especial de algum
    amigo ou familiar.
    Bj.
    Irene Alves

    ResponderEliminar
  3. As pessoas vao para o casamento é para comer.. Mas também admito o pior que me fazem é fazer me passar fome

    ResponderEliminar
  4. É verdade, só se vai a casamentos para comer. Eu como nem ligo a comer, vou mesmo para dançar e tirar fotografias. eheheh

    ResponderEliminar
  5. Eu não gosto muito de casamentos, refiro-me à parte da festa, comes e bebes e não à cerimónia em sim, mas aos que fui ainda serviram batatas com bacalhau, feito de uma maneira mais chique, vá.

    Eu gosto é das sobremesas, mas demora uma eternidade até chegar a essa parte! :)



    ResponderEliminar
  6. Hahahaha...
    Aqui o lema é esse sempre.
    A comida é quem manda.

    Um beijo querida.

    ResponderEliminar
  7. Ir a um casamento sai caríssimo. Ao menos que se encha a pança.
    Eu prefiro que me convidem para funerais. Dão menos despesa (um ramo de flores a dividir pela família toda) e é muito mais divertido. Contam-se imensas anedotas enquanto o padre está a despachar o morto.
    Desde que não seja o meu, vivam os funerais. ;P

    ResponderEliminar
  8. Ainda bem que não recebo convites para ir a casamentos e se recebo nesse dia estou a trabalhar...

    ResponderEliminar
  9. Pensava que com a crise já ninguém se casava mas sim ajuntava...lol

    ResponderEliminar
  10. ah ah verdade! Gostam de ver os pratos bem cheios, nada de mariquices de nouvelle cuisine!

    ResponderEliminar
  11. Casamento que não tenha leitão ao pequeno almoço, ao almoço, ao jantar e à ceia não é casório LOL

    ResponderEliminar
  12. ahahah Olha, tenho de dar razão à senhora. Não gosto de comida finória!

    ResponderEliminar
  13. Ahahah, atão não. Casamento que é casamento têm de ter befe e batata e ainda o belo do cozidou ou do bacalhau, ca finuras pra quê?! o tuga gosta é o bandulho cheio. Nem mais. ;))

    ResponderEliminar
  14. A maior parte das pessoas só gosta de ir a casamentos para comer, e porque não? É melhor que haja fartura!

    ResponderEliminar
  15. Eu sou daqueles que gosta de comer num casamento. Não é preciso que me atestem o prato, porque com tanta comida que por lá passa encho a barriga.
    Mas já fui a um casamento mais "chique" e garanto-te que cheguei a casa em modo "tenho fome!!!!"
    Uma fatiazinha de carne, duas batatas???

    ResponderEliminar
  16. Não sou fã de casamentos e até a parte da comida dispenso bem.

    ResponderEliminar
  17. Os casamentos aqui são igualmente muito conhecidos devido à quantidade de comida apresentada principalmente no “buffett da meia-noite” (embora seja servido normalmente por volta das 22:30/23:00): marisco em grande quantidade, rissóis, pastéis de bacalhau, frango, leitão, ameijoas e sei lá que mais... e os doces também em abundância.
    Já os italianos têm o antipasto, depois é servido o jantar e umas horas depois têm apenas a mesa dos doces.
    Há duas coisas importantes num casamento e que as pessoas se recordam: comida e música! : )

    ResponderEliminar
  18. Os casamentos aqui são igualmente muito conhecidos devido à quantidade de comida apresentada principalmente no “buffett da meia-noite” (embora seja servido normalmente por volta das 22:30/23:00): marisco em grande quantidade, rissóis, pastéis de bacalhau, frango, leitão, ameijoas e sei lá que mais... e os doces também em abundância.
    Já os italianos têm o antipasto, depois é servido o jantar e umas horas depois têm apenas a mesa dos doces.
    Há duas coisas importantes num casamento e que as pessoas se recordam: comida e música! : )

    ResponderEliminar