quinta-feira, 9 de janeiro de 2014

Femme

Não se pode escrever nada com indiferença.
Simone de Beauvoir

Dois dos meus existencialistas prediletos... e aos quais não sou indiferente!
Mas hoje, a homenagem vai para Simone de Beauvoir (Paris, 9 de janeiro de 1908 - Paris, 14 de abril de 1986), a qual admiro não tanto pela sua vertente feminista mas sim pela filosófica. 

6 comentários:

  1. Faço minhas as tuas palavras!
    Bjs
    Maria

    ResponderEliminar
  2. Uma homenagem merecida.

    Gosto de muitas das suas frases.

    Deixo uma, aqui:

    "Querer-se livre é também querer livres os outros".

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  3. A vertente filosófica é muitissimo mais importante.

    ResponderEliminar